AutomaçãoRPA

“Como escolher o produto de RPA certo para suas necessidades?”

É importante garantir que o produto escolhido vai ser adequado para sua empresa e seus funcionários, e sobretudo implementado de forma personalizada. Ao pesquisar você encontrará inúmeras ferramentas no mercado, umas mais famosas, outras menos… Mas será que qualquer ferramenta se adapta aos pré-requisitos do seu projeto?

Ao longo de uma série de posts no LinkedIn e Instagram listaremos os principais pontos (que consideramos importantes) a serem avaliados nesse processo.

Vamos começar a listando aqui os tópicos, e toda semana evoluindo (ou respondendo) cada tópico. Continue seguindo!

  1. Posso comprar um robô (software), instalar nos computadores e sair usando? Poderia, mas não é assim que o processo deve ser pensado. Definitivamente não é qualquer ferramenta que vai te ajudar no dia a dia da empresa. Ela ele precisa ser personalizado para suas necessidades, para que você consiga automatizar os processos de maneira eficiente. Lembre-se que você está buscando automatizar os processos da sua organização, e deve buscar uma solução que servirá como apoio. Não busque uma solução que entregue o seu processo pronto, isso realmente não vai te ajudar, porque cada processo é único.
  2. Faz sentido instalar uma demo gratuita (free trial) para testar produtos de RPA? Pode ser um caminho fácil e barato de testar uma ferramenta, mas não garante que aquele produto será adaptado para suas necessidades quando você o adquirir. Optar por um projeto piloto pode ser um caminho menos barato no início, mas garante uma escolha mais consistente, em que você terá mais tempo para avaliar o produto, assim como verificar se está optando pelo fornecedor certo, e assegurar um investimento menor no futuro.
  3. Preciso necessariamente ter um departamento de TI ou pessoas técnicas engajadas no projeto? Não, a ferramenta a ser escolhida deve ser simples e intuitiva, para que qualquer membro do projeto possa utilizá-la facilmente, sem precisar necessariamente de apoio técnico para execução das tarefas.
  4. É essencial obter um produto com suporte técnico? Não necessariamente, mas pense em casos que seu time possa vir a ter dificuldades para resolver sozinho qualquer tarefa mais avançada dentro da ferramenta. Em situações como essa, optar por um fornecedor que ofereça suporte e consultoria seria uma grande ajuda a seu time interno. Avalie não só o produto a ser comprado, como também o atendimento do fornecedor. Inovações acontecem quando há parceria entre cliente e fornecedor, e para isso o contato próximo entre eles é primordial.
  5. Preciso escolher uma ferramenta para cada tipo de plataforma? Em casos como esse, avalie o escopo do produto que está adquirindo dentro de suas necessidades reais. Avalie que tipo de aplicações e sites, sistemas operacionais e bancos de dados possui em sua organização, para que um único produto possa atender sua demanda. A opção por produtos mais especialistas pode trazer custos extras de implementação e suporte no futuro.
  6. Consigo gerar relatórios gerenciais sem precisar ficar decifrando conteúdo técnico? Os relatórios gerados pela solução escolhida, devem ser simples e intuitivos para que o time operacional e gerencial entendam facilmente, sem precisar de ajuda técnica para decifrar conteúdo.
  7. E por fim, Preço! Dependendo das qualidades listadas acima, os custos estimados para a execução do projeto podem ser altíssimos. Mas não necessariamente a solução mais cara e mais famosa, atenderá todos os requisitos. Procure as opções disponíveis no mercado (que são inúmeras) e saiba avaliar as diferentes propostas, para a execução do projeto COMO UM TODO. Porque também, pode ser que a mais barata, não lhe atenda do começo ao fim. Fique de olho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *